After Laughter

29 de jul de 2017

Minha banda preferida (lê-se Paramore) lançou um álbum novo há alguns meses atrás e eu não seria eu mesmo se não comentasse esse acontecimento aqui. Eu alguns outros fóruns foi noticiado que o álbum seria diferente e que a banda iria ter influências novas de new wave nas melodias e deixaria o pop punk de lado. Fiquei muito curioso pra ver o resultado. Finalmente no dia do lançamento do álbum  o "choque" que muitos fãs tiveram ao ouví-lo e notar a diferença toda não foi tão grande assim pra mim - porque eu já estava esperando algo diferente mesmo e porque eu gosto de outras bandas com o estilo new wave também (como The Preatures e No Doubt), então pra mim ver o Paramore lançando algo do tipo foi um "plus" a mais.

O que me chocou mais foram as letras. Pra mim esse é o álbum que tem as melhores composições. As mais tristes e profundas ao mesmo tempo. Em consonância, o instrumental das músicas é alegre, nada parecido com os trabalhos antigos da banda. E isso fez toda diferença porque mesmo sendo letras tristes, você é "empurrado" pra cima com o instrumental animado.Uma mistura de new wave, pop rock, anos 80 e tudo o que a Hayley Williams, Taylor York e Zac Farro (que voltou pra banda!) estavam ouvindo no momento, desde Cyndi Lauper e Blondie a músicas africanas.


A maioria das letras reflete o lado emocional da banda, principalmente da Hayley, que estava muito abalado nos últimos anos. Em algumas entrevistas ela chegou a dizer que estava com depressão e que pensou em largar a banda e fazer qualquer outra coisa da vida (agradeço todos os dias por ela não ter cometido esse erro e seguir em frente). É nítido essa tristeza em várias músicas, como em "Rose Colored Boy", uma das minhas preferidas:  "Apenas me deixe chorar um pouco mais, eu não vou sorrir se eu não quiser, ei cara, nem todos nós podemos ser como você, gostaria que todos fossémos cor de rosa também".  O primeiro single do álbum, "Hard Times", que por sinal tem um videoclipe muito bem produzido, fala justamente desse tempo difícil que todos eles estavam passando: " Tudo o que eu quero é acordar bem, me diga que eu estou bem, que não vou morrer, tudo o que eu quero é um buraco no chão, você pode me avisar quando estiver tudo bem, para eu sair".

Destaco também as músicas "Told You So" (segundo single), "Forgiviness", "26" (que eu demorei um tempo pra gostar, mas agora é uma das minhas preferidas), "Tell Me How" (que fecha o álbum com chave de ouro), "Pool" e a melhor de todas: "Fake Happy":


"Ah por favor, não me pergunte como eu estou
Não me faça fingir
Ah não, qual o propósito?
Ah por favor, aposto que todo mundo aqui
É falsamente feliz também".


Quando me perguntam se eu gostei do álbum eu falo que sim. De fato é um dos melhores. Não é atoa que ele obteve a maior nota (82) em relação aos outros álbuns no site Metacritic. Acho que a banda evoluiu muito ao longo dos anos e está muito mais madura, mais concisa. É só a gente olhar pro passado e comparar como aquela vibe adolescente do "Riot" passou! Eu falo muito de mudanças aqui no blog e fico contente em ver minha banda favorita mudando também, crescendo comigo, evoluindo ao longo dos anos. É interessante olhar para as pessoas e ver como elas simplesmente já não são mais as mesmas de antes. Eu gostei dessa nova aposta do Paramore, de verdade. Esse novo estilo me agrada muito e fico ainda mais feliz em ver composições verdadeiras sendo feitas pela Hayley com tanta maestria. Nem preciso falar da coincidência dos temas abordados nessas letras com a minha vida pessoal atualmente. É impressionante como sempre as músicas do Paramore se encaixam em cada ano, em cada época certa do que vivo e do que passo. Com todas as mudanças, ainda assim eu digo que amo o Paramore. Agora é como se fosse uma nova banda, um novo começo, uma nova ideia. Quem nunca arriscou fazer algo novo né? Eu que o diga. Sair da zona de conforto e fazer algo bom e de qualidade não é pra qualquer artista não e sinceramente, eu acho que eles ainda podem fazer muito mais!



-Helio Filho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo