Quase Deuses: melhor filme que assisti nos últimos meses

10 de jan de 2014
Eu fiquei emocionado quando o filme terminou. Em uma das aulas de Raio-X veterinário (que por sinal é uma matéria muito bacana!), o professor Ricardo indicou que minha turma assistisse para a realização de um trabalho avaliativo e no final das contas foi uma lição de vida. Não, esta obra está longe de ser aquelas histórias melosas que frequentemente fazem sucesso no cinema americano (embora o filme seja americano e de 2004), muito menos apelações para temáticas de morte, desastres ou qualquer outra coisa do tipo. O fato é que esse é um filme  verídico sobre superação, e histórias de superação sempre são comoventes e inspiradoras - pelo menos pra mim - ainda mais por envolver a história de uma pessoa apaixonada pela medicina e por tentar achar a cura de uma doença que estava matando bebês. Engana-se, porém, quem acha que a emoção está apenas aí.

O filme do diretor Joseph Sargent ("Jornada Nas Estrelas", "Mandela e De Klerk") conta a história de um marceneiro negro Vivien Thomas, atuado por Mos Def ( "A Última Ceia", "Ilha dos Mortos", "12 Horas Até o Amanhecer"), que vive honestamente fazendo seu trabalho em Nashville. Década de 30, Grande Depressão e o homem perde todas as economias que juntou durante anos para fazer a tão sonhada faculdade de medicina com a falência do banco onde guardava o dinheiro. O que fazer? Pra não ficar na pior, Vivien arranja um emprego de faxineiro, trabalhando para um médico conceituado chamado Alfred Blalock ( Alan Rickman, o Severo Snape de "Harry Potter"), homem ríspido, ignorante e que a princípio não enxergava muito bem suas qualidades.


Depois de algum tempo trabalhando lá, Vivien começa a mostrar seus conhecimentos ao médico. Um deles e o primeiro a ser reconhecido foi sua capacidade de segurar instrumentos cirúrgicos corretamente. Em seguida ele mostra muitas outras habilidades - como saber coisas de anatomia, cirurgia, etc, por conta própria, só lendo os livros que o médico possuía no escritório. Isso é que é inteligência né? Tempo depois, ele passa a ser assistente do médico e juntos passam a fazer pesquisas, testando resultados em cachorros, fazendo novas cirurgias, pesquisando e testando novas alternativas para uma doença do coração que estava matando milhares de bebês recém-nascidos, a Síndrome do Bebê Azul.

O que me chamou mais atenção no filme inteiro foi o preconceito que Vivien sofre no decorrer de sua vida como assistente do médico. Por volta do ano de 1945 o Dr. Alfred Blalock se torna o novo presidente e chefe do departamento de cirurgias do Hospital Universitário John Hopkins. Vivien, é claro, vai junto para auxiliá-lo nos laboratórios. As pessoas começam a olhá-lo de uma forma diferente pois ele era negro e não tinha formação em medicina, apesar de sua enorme competência. O preconceito era tão grande ao ponto do homem ter que entrar pelas portas do fundo do hospital e ser confundido como faxineiro por outros médicos.

 Anos mais tarde os dois finalmente acham a cura da síndrome. Eles mudam os rumos da medicina. Vivien tem uma grande participação na causa, ajudando a construir aparelhos cirúrgicos (um deles inclusive leva seu nome hoje em dia) e testando novos métodos cirúrgicos. Sem ele nada teria acontecido. Infelizmente os créditos são dados apenas ao médico Blalock. Para a sociedade daquela época, Vivien não era médico, ele era uma pessoa qualquer, discriminado por ser negro. Decepcionado, ele deixa o laboratório, mas não consegue esquecê-lo,  pedindo depois para retornar ao Hospital. Apesar de não ser reconhecido, ele amava o que fazia. O Dr. Alfred continua com suas pesquisas e Vivien vai conseguindo de certa forma seu reconhecimento. Os anos passam e ele se torna o Diretor de Laboratórios do Hospital.

Eu gosto muito de filmes que trazem grandes mensagens. "Quase Deuses" é sem dúvidas um dos melhores que já assisti. A beleza do filme está justamente na mensagem de correr atrás dos sonhos, de nunca desistir e ter seus objetivos. O reconhecimento que Vivien consegue ter no final no filme é de encher os olhos de lágrimas. Bato palmas para alguém que conseguiu um título de Doutor Honoris Causa e ajudou e ajuda mais de 2.000.000 de pessoas em todo o mundo, graças ao tempo que dedicou em sua vida nas pesquisas sobre cirurgias cardíacas - apesar de todas a adversidades da vida.


 Esse filme prova que todos nós podemos mudar as regras do jogo. Podemos sim vencer as barreiras impostas pela sociedade e sermos o que queremos ser. Basta ter força de vontade, acreditar e lutar por isso.

-Helio Filho
*Assista/Baixe "Quase Deuses" aqui ou no youtube.





7 comentários:

  1. Muito interessante amigo!
    Vou tentar assistir depois, parece ser lindo!
    Obrigada por essa crítica excelente :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista mesmo amiga, vale muito a pena! Me conte depois o que achou viu?

      Beijo!

      Excluir
  2. Humm fiquei com vontade de assistir! Filmes com essa temática são ótimos, ainda mais tendo toda essa reflexão que vc disse no post. Adorei! Bjus
    ps: Raio-X Veterinário? Que legal! Depois conta mais sobre isso! :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São ótimos mesmo Hany! É uma mensagem tão grande, tão profunda, vale muito a pena assistir. Eu realmente me senti muito melhor depois que vi a profundeza da mensagem, é uma grande lição :)
      Sim! Foi uma das últimas matérias que tive lá no curso de Radiologia. Muito interessante aprender um pouco mais sobre os animais e ainda ver os ossinhos nas radiografias, eu adorei! :)

      Excluir
    2. Assisti! Chorei litros! Não imaginava que seria tão emocionante assim! Uma bela lição e vida..

      Excluir
  3. Já esta anotado aqui. Vou assistir mais tarde :D
    Gostei disso: "Esse filme prova que todos nós podemos mudar as regras do jogo. Podemos sim vencer as barreiras impostas pela sociedade e sermos o que queremos ser. Basta ter força de vontade, acreditar e lutar por isso."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assita mesmo Lipe! Você vai gostar!
      Então, essa é justamente a lição de vida do filme. Tem que assistir pra realmente compreender! :D

      Excluir

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo