Sons Que Invadem A Alma

29 de abr de 2013

“It's just a spark
But it's enough, to keep me going
And when it's dark out, no one's around
It keeps glowing’’

Musicalmente falando, 2013 tem sido um ano incrível. O que seria de mim durante todo esse hiato de postagens aqui no blog sem os grandes lançamentos musicais das últimas semanas? Pela primeira vez na vida as bandas que mais amo (lê-se Paramore e Avril Lavigne) estão lançando novos projetos... no mesmo ano (e dia!). Coincidências à parte, a música novamente me contagiou e o meu apreço por descobrir novos cantores e artistas revelou-se mais uma vez inconstante no meu cotidiano repleto de livros e exames radiográficos.

O que falar do novo álbum do Paramore? Há muito tempo não ouvia um álbum de rock tão bom. Desde que os irmãos Farro deixaram a banda em 2010, o grupo se reinventou bastante. Prova disso são as 17 novas músicas do álbum. O trecho que inicia esse post é de “Last Hope”, uma das faixas que mais gostei. Me identifiquei muito com ela não apenas por ter uma ótima sonoridade, mas também por apresentar uma letra tão linda. “É apenas uma faísca, mas ela é suficiente para me motivar, e quando está escuro lá fora, ninguém por perto, ela continua brilhando”.
| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo