Uma história de 5 anos

20 de dez de 2013
Hoje o Agora Escrevo está completando 5 anos! Durante esses anos escrevendo aqui, notei enormes mudanças na minha escrita e na minha forma de ver o mundo. É engraçado e até assustador ver como amadureci, cresci pessoalmente e me tornei o que sou hoje, lendo meus antigos posts. Melhor ainda é perceber que as pessoas que me apoiavam no passado estão até hoje aqui comigo, alguns nos comentários, outros na vida. Sou muito grato a todos vocês.

Quando criei este blog aos 17 anos de idade, eu era um adolescente sonhador. Hoje aos 22 e quase formado em Técnico em Radiologia, sou muito mais que um sonhador. Sou uma pessoa que têm objetivos e que finalmente se encontrou profissionalmente e pessoalmente. Não deixei de ter sonhos, isso todos nós sempre teremos. Só que agora estou mais com os pés no chão e o presente é o meu melhor companheiro. Talvez meu lema atual seja "acreditar e fazer acontecer". Agir ao invés de imaginar.

Aqueles que brilhavam na ponta dos pés

4 de dez de 2013


 Seria uma flor que brotou no chão e aos poucos começou a dançar. Em passos leves ela transformava-se em estrela, flutuando pelo palco num ritmo inconstante, talvez mágico, esplêndido. E sua naturalidade contagiava todos, com o brilho no olhar, cativante em passos largos e piruetas, girava, rodopiava, em um mundo que parecia não ter fim. Era como se ela eternizasse o belo e aquele momento fosse o espetáculo da vida, simples como sua fisionomia, delicado como seus pés.

Os sorrisos em contrapartida com a perfeição dos seus gestos iluminavam ainda mais a cena. E a melodia da música, ora calma, ora cativante e alegre, acelerava ainda mais aquele coração pequeno que pulava, transparecendo o amor.

Ele — por sua vez — tinha a pele branca como a neve e os cabelos negros como os seus. Juntos formavam um casal de bailarinos perfeitos. De vez em quando seus braços tocavam sua pele macia e no ar ela parecia voar. Frágeis como um pássaro, seus sentimentos transbordavam, caiam e escorriam pelo chão, inundando os olhos da plateia encantada por aquele espetáculo.

Presos pelo olhar, eles atravessavam um horizonte imaginário e percorriam caminhos, enquanto a luz que vinha lá de cima seguia seus passos. E cada vez mais seus olhos se encontravam, quando o momento parecia ser infinito e seus dois corpos formavam um conjunto impecável, construídos um para o outro de gestos e passos eternizados pela beleza do momento.

O talento, a voz de Mikaela Davis e uma descoberta fantástica!

10 de nov de 2013

Depois de longos dez meses finalmente mudei a "cara" do Agora Escrevo! Na realidade ainda mantive o aspecto natural do layout: árvores, sol, tranquilidade, luz. É, talvez esse meu jeito poético nunca mude, estou voltando ao normal, acho. Espero que tenham gostado :]

 Para inaugurar essa nova fase aqui no blog, resolvi mais uma vez criar um post sobre música. Vocês irão adorar. Recentemente descobri um site muito interessante chamado Noisetrade, conheci a Mikaela através dele. Nesse site vários artistas divulgam seus trabalhos musicais disponibilizando tudo para download e o melhor: de graça! Se você quiser e for gentil pode deixar uma gorjeta pro artista, o site também permite isso. O Noisetrade é com certeza a melhor descoberta que fiz nos últimos tempos. Tem cantores excelentes assim como bandas de todos os estilos. O lado negativo da história é que eles ainda estão no anonimato (infelizmente), então se você curtir alguma banda vai ter que esperar um pouco para ir em algum show, a não ser que more no mesmo país da mesma ou gaste muito viajando. Tirando esse detalhe, o site é ótimo, vale a pena conferir os talentos que existem por aí. Pra quem, assim como eu, adora descobrir novas bandas, é uma ótima oportunidade.

Vide Bula

13 de out de 2013
 A vida vem sem instruções, mas fiquei imaginando como seria se tivesse uma bula. Os detalhes desta bula iriam variar para cada um de nós. Mas existem algumas coisas que seriam universais, como por exemplo:
Prazo de validade - Todos temos uma data de expiração. A maioria não descobre qual é até que chegue o momento, mas se existe uma certeza é que essa data vai chegar. Prestar atenção nesse fato nos ajuda a viver mais intensamente. O que você faria se soubesse que sua validade vence em um mês?

Posologia - Alguns levam a vida em pequenas doses, enquanto outros vivem intensamente cada minuto. Tem gente que gosta de um caminho mais Zen, enquanto outros preferem viver a mil por hora. Já fiz os dois e escolhi o caminho do meio. O mais importante é ter consciência, poder escolher a dosagem. Porque às vezes vivemos em um ritmo imposto por nosso ambiente ou momento na vida sem nos darmos conta. E isso é fórmula certa para overdose.

O tempo, talvez

5 de out de 2013
Andei me peguntando por qual motivo fiquei tão longe daqui. Foram tantas respostas. Eu sempre fui muito verdadeiro comigo mesmo, com as minhas palavras  e com tudo o que escrevo aqui no blog. Estaria mentindo se o meu tempo estivesse totalmente livre e finalmente eu pudesse me dedicar mais, escrever como há dois anos atrás e ser e sentir o que eu sentia antes.

A verdade é que em relação ao meu cotidiano, nada mudou. É como se eu estivesse preso no tempo. Eu ando muito focado nos cursos que estou fazendo e nos estudos (eu sei que isso já está ficando chato e repetitivo mas é a verdade). Isso por um lado é bom, por outro ruim e no fim das contas eu só vou poder saber o resultado no futuro. Soma-se a isso o fato de que mudei. É, mudei. Mudei de opiniões, de ideias, de atitudes. Talvez agora eu esteja muito mais humano do que poético ou talvez eu tenha perdido um pouco do meu "eu poético" com esse ano de estudos e estágios em hospitais.

Mudança

12 de mai de 2013



Mude, mas comece devagar,
porque a direção é mais importante que a
velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,
calmamente, observando com
atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os seus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia,
ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
 Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama...
Depois, procure dormir em outras camas
Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais... leia outros livros.

Sons Que Invadem A Alma

29 de abr de 2013

“It's just a spark
But it's enough, to keep me going
And when it's dark out, no one's around
It keeps glowing’’

Musicalmente falando, 2013 tem sido um ano incrível. O que seria de mim durante todo esse hiato de postagens aqui no blog sem os grandes lançamentos musicais das últimas semanas? Pela primeira vez na vida as bandas que mais amo (lê-se Paramore e Avril Lavigne) estão lançando novos projetos... no mesmo ano (e dia!). Coincidências à parte, a música novamente me contagiou e o meu apreço por descobrir novos cantores e artistas revelou-se mais uma vez inconstante no meu cotidiano repleto de livros e exames radiográficos.

O que falar do novo álbum do Paramore? Há muito tempo não ouvia um álbum de rock tão bom. Desde que os irmãos Farro deixaram a banda em 2010, o grupo se reinventou bastante. Prova disso são as 17 novas músicas do álbum. O trecho que inicia esse post é de “Last Hope”, uma das faixas que mais gostei. Me identifiquei muito com ela não apenas por ter uma ótima sonoridade, mas também por apresentar uma letra tão linda. “É apenas uma faísca, mas ela é suficiente para me motivar, e quando está escuro lá fora, ninguém por perto, ela continua brilhando”.

Detalhes

29 de jan de 2013
Quase dois meses. Eu nunca fiquei tanto tempo longe daqui. E a desculpa é sempre a mesma: pura falta de tempo.  Dessa vez não será diferente. Ando muito ocupado com tudo. No ano passado, até meados de outubro eu ainda conseguia conciliar minha vida e escrever nas horas vagas, quando a criatividade aflorava de vez em quando. Agora estou literalmente sem tempo de fazer o que gosto. São muitos os motivos que estão me afastando da minha vida virtual.
| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo