Redescobrindo A Bahia

21 de out de 2012
Igreja Barroca que fica no Pelourinho (Salvador - Bahia - Brasil)
Há algumas semanas atrás tive uma grande surpresa: fiquei sabendo que uma das minhas tias que mora no Rio de Janeiro visitaria minha família aqui na Bahia pela primeira vez. Junto com ela viria duas primas que adoro e o marido de uma delas com sua filhinha de um ano. Fiquei muito contente - afinal, não é todo dia que vejo meus parentes cariocas que tanto amo por causa enorme distância que nos separa. Só para vocês terem noção, a última vez que nos vimos foi em 2006, ou seja, a saudade era muito grande. Eles ficaram por pouco tempo. Foram apenas 4 dias, porém muito divertidos.

Depois do avião ter atrasado muito, na quinta feira retrasada eles finalmente chegaram. Conversamos bastante, matamos um  pouco a saudade, colocamos parte dos assuntos em dia e fizemos muitos planos, dentre eles visitar a capital baiana, Salvador. Apesar de morar a apenas uma hora da cidade, não costumo visitá-la frequentemente por muitos motivos. Entretanto, os pontos turisticos já eram conhecidos por mim há algum tempo devido à excursões que fiz na época do colégial. Como era a primeira vez que minha tia estava visitando a Bahia não poderíamos deixar de visitar o Pelourinho, as praias, as igrejas, o Elevador Lacerda e muitos outros lugares que todo mundo visita quando chega lá. Foi isso o que fizemos.


Como as fotos ficaram muito legais, achei legal compartilhar um pouco do meu estado com vocês, espero que gostem =)

Meu Amadorismo Livre

4 de out de 2012




Há muito tempo não escrevia. Talvez pela junção de tudo que acontece na minha vida ou apenas pelo simples fato de não ter algo suficientemente bom para ser transformado em palavras, acabo ficando distante da escrita.  Detesto ter que ficar longe daqui. É como deixar de visitar uma casa no campo tranquila e ensolarada, com ventos e vários amigos te esperando. Por mais metafórico que seja, é assim que me sinto.  Entretanto, aprendi com o tempo a esperar pelos sentimentos que invadem a alma no momento certo. Não quero escrever por escrever. Quero escrever quando de fato algo for verdadeiro e me faça sentir a necessidade de compartilhar aqui –com vocês –minhas palavras.

Sei que pode demorar. Mas a demora às vezes pode ser um bom refúgio e uma ótima forma de absorver ideias. É só uma questão de ter meu próprio tempo de ter pensamentos e ideias sinceras, para que assim eu possa escrever de forma natural, sem a necessidade constante de formular algo como obrigação. Não sou nenhum escritor e nem tenho pretensão nenhuma a ser um, apenas quero levar o meu hobby da melhor forma possível, como uma verdadeira arte em que precisamos ter inspiração, honestidade e tempo de elaboração, sem deixar que o blog caia nos tantos clichês que existem por aí e se torne algo que ele não é.
| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo