O quadro

2 de jul de 2011

Pintei um quadro onde o céu era verde e as pessoas amarelas. Cobri de vermelho os postes das casas, seus telhados de roxo e as ruas de laranja. Era um quadro diferente de tudo. As pessoas desenhavam seus próprios rostos, os filhos escolhiam seus nomes, crianças comiam doces no almoço. Havia uma loja de mudanças onde poderíamos escolher e modificar tudo em nossa vida. Um ctrl z fazia tudo voltar a ser o que era antes, enquanto o futuro estava apenas a um minuto de nossas casas. No meu quadro as pessoas já nasciam sabendo cantar e o mundo era um coral eterno de sonhos. Instrumentos vindos de diversos lugares eram aprendidos bastando apenas tocá-los com as mãos. Os livros eram os brinquedos preferidos das crianças que eram infinitamente felizes. Neste mundo não havia falsidade, desigualdade, fome, miséria.  Não existiam essas palavras, apenas a que queríamos que existisse. Catava-se a felicidade  das nuvens, quando estas a deixavam cair, o sol modificava o humor. De manhã cedo estávamos alegres, de tarde mais alegres, de noite mais alegres ainda. No meu quadro o amor não tinha idade, nem sexo, nem cor. Todos eram felizes do jeito que achavam certo. Não havia o julgamento de gosto, as comidas eram saudáveis e os pássaros ainda cantavam. A alma das pessoas era vista por todos e nela estava escrita toda sua vida, como um conto de fadas ou uma história de amor. Os sonhos viravam realidade, príncipes existiam e as bruxas  coloridas e bonitas eram amigas das fadas. Os animais viviam no céu e protegiam os humanos todos os dias. Os humanos por sua vez não comiam suas carnes, nem maltratavam suas peles, mas rezavam por aqueles seres inocentes. Do céu saíam árvores e frutas de diversos tipos. As pessoas inventavam tipos e sabores diferentes. Dentro delas um mundo imaginário era o conforto dos solitários que encontravam lá muitos amigos e pessoas que os amavam.  As escolas eram parques de diversão onde a vida não era aprendida, mas sentida e vivida. Nossos pais eram eternos e nossos avós também.  A mentira não existia, muito menos o interesse. As pessoas sabiam viver e os prefeitos cuidavam bem das cidades deixando-as cada dia mais belas e bonitas. Pintei um quadro onde o quinto elemento era a felicidade. O sol e o mar eram amigos, tomava-se chocolate quente nos invernos e sonhava-se com os anjos nas noites calmas, quando a  lua no céu cantava para ninar os filhotes daquele pequeno mundo.

Helio Filho

7 comentários:

  1. Helio, que lindo esse texto.. simplesmente encantador! Fiquei até emocionada. Parabéns!

    Bjão =)

    ResponderExcluir
  2. Inho, vc sabe que sou fã dos seus textos, adorei este, muito lindo, mas fiquei me pergutando será que não seria monótona tanta alegria? Algumas coisas que aprendi hoje, foram com as dificuldades que passei, tristes chateações mas que nos trazem algo. Eu não desejo um mundo perfeito, mas tranquilo. Fica aí um ponto a se questionar. Bjos, Ila

    ResponderExcluir
  3. Nossa Helio, vc se supera a cada dia! Me senti mto feliz qdo terminei de ler esse texto, ele é lindo! Como seria bom se esse mundo existisse, como as pessoas seriam mais felizes!

    bjooo!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texo Helio! Muito bonito, viajei legal aqui com suas palavras, impressionante sua criatividade! Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Lindo Helio, você já é um escritor pra mim! Como esse texto é bonito rapaz, parabéns! Encantador! Seria tão bom se o mundo fosse assim né? Ta aí uma coisa pra se pensar e imaginar!

    bjuss

    ResponderExcluir
  6. Que beleza!
    Adoraria saborear desta realidade pintada...
    Belo post!

    ;D

    ResponderExcluir
  7. Rejane,

    Ow amiga, fiquei super feliz por você ter gostado! De verdade, não esperava tanto! Obrigado!! Beijo :**

    Experiência Diluída,

    Obrigado mana! É bom saber que você gosta dos meus textos =D É verdade, isso é realmente algo para refletir. Não tinha pensando nisso. Mas esse "mundo" que descrevi não é perfeito, porém feliz, acho que felicidade nunca é demais né..
    Beijoo :**

    Lis,

    Ow Lis, obrigado pelos elogios! De verdade! Seria tão bom né? Tudo seria diferente..ahh sonhos! Beijoo ^^

    Matheus Lucas,

    Obrigado Matheus! E eu fico feliz mais uma vez com seus comentários!! Obrigado! Abraços :P

    Hany,

    Ow querida obrigado! Sou nada! Tenho que comer muito feijão e arroz ainda! hahahah Seria bom não, seria perfeito tem um mundo assim! Beijoo, obrigado mais um vez pelos seus comentário aqui no blog!

    Karla,

    hauahauh eu também! Obrigado, fico feliz em sabe que gostou do texto! Obrigado pelo comentário e volte sempre tá? Adoro seu blog!
    Beijo =**

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo