Restos Mortais

24 de jun de 2011


Sua imagem refletida no lago era um símbolo inconstante. Tentava encontrar palavras para descrever o que sentia, simples gestos que nunca eram decifrados quando sua presença ainda era notada, o ar que faltava em seus pulmões, o último olhar que dissera adeus. Os dias passavam e ele junto com suas dúvidas formavam um casal repleto de questões. Ao mesmo tempo sua imaginação inocente criava mundos que pareciam infinitos enquanto fechava os olhos e voava por entre os destinos que escolhia. Nesses momentos os dias pareciam não ter fim e sua felicidade parecia aumentar a cada sorriso que compartilhava junto com o seu.

Uma fotografia, uma música um pensamento, fazia surgir a imagem que tanto desejava. Agora ela não era mais inconstante, mas sólida encarando-o com os mais singelos sentimentos. O horizonte distante ria da sua capacidade frágil de amar e gabava-se do poder supremo de ser o alvo libertador dos medos. Infinitas tardes acabavam e ele estava longínquo, intacto, sendo a esperança e a certeza dos próximos dias que poderiam ser melhores. Levava consigo todos os dias a imagem do seu rosto e a sua presença ainda indecisa, procurando por oceanos onde poderia afundar sua dor.

Foi assim que ele descobriu o ódio da rosa por tanto tempo estar feliz por alguém que nunca o enxergou de verdade. O aroma doce das pétalas inocentes estava cansado de esperar e sonhar por momentos inexistentes. Ele queria sair e ser sentido por alguém real. Dessa forma suas interrogações desapareceram com o desabrochar de afirmações tristes, indesejáveis. Seu rosto tornara-se invisível, as pétalas cairam no chão,na sua mente agora restavam apenas podres restos mortais.


Helio Filho
(Abril de 2011)

8 comentários:

  1. tudo é muito perfeito aki no seu blog.
    beijos
    http://falaisabeel.blogspot.com
    retribuindo visita

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto Helio! Parabéns!
    Lembro q postou no words to remember, adorei!
    Bjuu!

    ResponderExcluir
  3. Sem comentários! Mto lindo!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto, muito lindo! Parabéns Helio, você tem talento!

    Retribui?

    http://nessabryto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita.
    Ótimo blog... seguindo

    ResponderExcluir
  6. Realmente é um texto mto bonito! Parabéns Helio!
    Cada dia q passa melhor!

    abraços

    ResponderExcluir
  7. Vinícius Paulo

    - Muito obrigado! Volte quando quiser! Abraços ^^

    Isabeel

    - Muito obrigado! Fic feliz que tenha gostado do blog, volte quando quiser também! Beijos!

    Hany

    - Obrigado Hany! Sim, eu postei no WTR, achei que seria legal postar aqui de novo! Brigadão! Beijo!

    Lyan

    - Obrigado querida! Tô muito feliz pelos seus comentários aqui! Beijão!

    Vanessa Brito

    - Muito obrigado! De verdade! Volte quando quiser tá? Vou retribuir sim! Beijos!

    Anônimo

    - Obrigado! Dá proxima vez posta com seu perfil para eu poder ver seu blog :P Volte sempre! Beijos!

    Matheus Lucas

    - Obrigado Matheus! Fico mto feliz! Grande abraço!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo