O espaço no tempo e a certeza do futuro

28 de dez de 2010
Vocês já devem estar cansados de ouvir isso de mim mas é impressionante como o tempo passou rápido!  Ontem janeiro estava praticamente começando e eu estava aqui em casa impaciente querendo saber se ia passar no vestibular. O murro na cara veio, não passei. Mas depois de algumas semanas o Enem chegou e trouxe a felicidade ao meu lar. E lá fui eu começar a minha vida de estudante universitário, em uma cidade que eu nunca gostei mas que muito tempo depois passei a gostar.A Universidade Federal dos meus sonhos, tão almejada pelas pessoas, logo se tornou a minha rotina e aos poucos fui deixando pra trás pessoas, costumes, amigos e tudo o que um dia esteve comigo durante muitos anos. Meus planos mudaram totalmente.

Música da semana: Us (Regina Spektor)

25 de dez de 2010
E a escolhida para ser a música dessa semana é "Us" da Regina Spektor. Não sei bem o porquê de ter escolhido ela justamente na semana do Natal (seria mais apropriado uma música natalina), mas acho que foi pelo fato de ter ouvido ela durante a semana inteira e também por ser muito fã da Regina. Sem sombra de dúvidas ela é uma das melhores compositoras e cantoras que conheço.

Feliz Natal!

23 de dez de 2010
Amanhã é véspera de Natal! Dia de estar com a família e pessoas que a gente gosta celebrando esta data tão especial e que encanta todos! Eu gosto do Natal justamente por causa desse clima gostoso de confraternização, de felicidade e de amor que a data tráz, e isso tudo é melhor do que qualquer presente que possamos ganhar! Ter o carinho dos pais, dos irmãos, dos amigos, dos primos é muito valioso. As vezes eu fico pensando como deve ser o Natal de crianças que moram nas ruas, de mendigos e pessoas desaparecidas que não possuem a companhia dessas pessoas. Com certeza para eles deve ser mais uma data qualquer. Mas aí penso que o Natal é época de sonhar, ter esperança que esse mundo um dia mude, ter esperança que toda a injustiça do planeta acabe. Seria tão bom se todos fossem felizes. Vamos ser mais solidários, vamos ajudar mais, amar mais e com certeza seremos mais felizes. Tenho certeza de que um simples brinquedo fará surgir um sorriso alegre em um rosto que o ano inteiro é triste, amargurado. Neste Natal vamos cultivar a paz, o amor, a felicidade! Que você tenha muita saúde e determinação na realização dos seus sonhos e que consiga aquele presentinho que tanto sonhou e possa sorrir muito!!

FELIZ NATAL!

Helio Filho

ps: O Hideout está de cara nova! Espero que tenham gostado do novo layout :*

...

21 de dez de 2010


"Quando algo que você gosta acabar ou simplesmente ir embora lembre-se que as folhas do outono não caem porque querem e sim porque é chegada a hora"

Autor desconhecido.

2 ANOS DE BLOG!

19 de dez de 2010



 E hoje dia 19 de dezembro o Hideout of a dreamer completa dois anos! Nossa como o tempo passou rápido! Parece que foi ontem que criei esse cantinho onde falo sobre um pouco de tudo nas minhas férias de 2008! O antigo “My impressions” hoje é um espaço muito especial pra mim pois durante esses dois anos conheci pessoas maravilhosas que sempre estão aqui comentando, lendo os posts, dando suas opniões e me dando todo apoio e força de sempre.
E é a todos vocês que hoje agradeço! Obrigado por estarem aqui me aturando durante esses dois anos e comentando sempre nos posts com todo o carinho e paciência! Na verdade não foram dois anos, mas um ano e alguns meses já que em 2009 eu quase não postei aqui devido aos meus estudos para o vestibular! Mesmo assim, esse foi o ano que eu mais postei aqui e o ano que mais pessoas conheceram o blog e espero que ano que vem mais leitores possam conhecer o Hideout! Espero também que vocês tenham gostado dessa semana especial de posts! Tentei falar sobre um pouco de tudo que sempre falei aqui e claro mostrar o meu Curta que muitas pessoas queriam ver! Quis postar todos os dias da semana justamente para  suprir a falta da promoção que falei que queria ter feito (fiquei super triste por não ter feito), mas prometo que no ano que vem farei uma bem legal! Aguardem!  

E para comemorar trouxe a vocês o videoclipe da música "Meu aniversário" da Vanessa da Mata! É mto legal, espero que gostem! Um abraço,

Helio Filho

Meu primeiro curta: Coríntios 13

18 de dez de 2010


 E finalmente trago a vocês o meu primeiro trabalho feito na Universidade! É um curta bem simples, resultado de um projeto da disciplina Linguagens e expressões cinematográficas que fiz no primeiro semestre. Teríamos que testar alguns dos conhecimentos que adquirimos e fazer um curta com apenas oito planos, ou seja, com apenas oirto cortes de uma cena para outra. Gravamos em agosto e foi muito legal e divertido pois além de ser assistente de direção também fui ator e contracenei, fazendo um papel de advogado! Por órdem da professora o curta não pôde ter diálogos, mesmo assim ficou muito bom e superou muito minhas expectativas!

Corra Lola, Corra

17 de dez de 2010

E na semana do aniversário do Hideout of a dreamer é claro que não poderia deixa de falar de filmes! Faz um bom tempo que não faço nenhuma crítica ou sequer algum comentário aqui, mas como já falei milhares de vezes foi devido a falta de tempo. E por incrível que pareça minhas habilidades para criar histórias e contos são maiores do que fazer críticas de filmes, por isso que sempre faço mais histórias, acho que por que prefiro mais criar do que analisar.

Há algumas semanas atrás assisti um filme muito legal na aula de narrativas audiovisuais. Estávamos estudando sobre cinema e games, então o professor achou legal que assistíssemos “Corra Lola ,Corra” ( Lola rennt) em sala de aula. Desde de que assisti o filme pensei logo em fazer um post aqui no hideout por que ele é muito legal mesmo. Corra Lola, Corra se assemelha muito com a linguagem dos jogos de vídeo game devido a possibilidade que o diretor Tom Tykwer criou em dar três finais diferentes ao filme (como se fossem vários rounds dos jogos) e também nas músicas usadas e nas cenas em que animações são utilizadas. É tudo muito diferente e interessante.

Rosas desafinadas

16 de dez de 2010

O dia era uma mistura de primavera e outono, o sol aparecia tímido por entre as árvores e de vez em quando um sabiá cantava para alegrar aquela rua pacata. Ouvia um barulho de longe, enquanto algumas crianças brincavam alegres no jardim. Mas o som aos poucos foi se transformando em pequenas lembranças, sentimentos contidos de um ser que agora vira o tempo passar. As crianças corriam, brincavam na grama úmida de um dia que nunca teria fim. E o ser triste, apodrecido em um banco de madeira sujo agora era um rastro melancólico da dor física do tempo. O tempo que nunca mais voltou e o mesmo tempo que passava enquanto suas nostálgicas sensações apareciam na sua mente. Eram gargalhadas inocentes, fantasiosos sinais de um tempo em que tudo era uma simples brincadeira. Um tempo que deveria ser eterno e nunca acabar. Lembrava dos seus sonhos, das suas músicas preferidas e daquele seu jeito de ser. Das brincadeiras feitas com os amigos, das travessuras das tardes de domingo, dos primeiros conhecimentos na escola. Lembrou dos lugares por onde passou, de uma tarde de inverno chuvosa onde seu conforto estava no abraço forte de seus avós. Dos amigos que um dia conheceu, mas que hoje em dia haviam partido e seguido rumos completamente diferentes. Como tudo havia mudado e como o tempo passara depressa. O mundo parecia diferente agora. Sua real certeza era de que seu tempo havia acabado e um novo mundo surgira para ocupar aquele que nunca teria um fim. As crianças brincavam alegres enquanto suas mães satisfeitas vigiavam seus pequenos seres. Nesse momento uma lágrima triste descera e molhou a terra seca. Não sabia o por que de estar chorando no meio daquela praça, em um dia lindo que ainda estava começando. Apenas ouvia o som de rosas desafinadas, alegres, compartilhando entre si a trilha da vida que apenas começava a brotar.


Helio Filho

...

15 de dez de 2010

"E toda noite de insônia eu penso em te escrever, pra dizer que teu silêncio me agride."

(Engenheiros do Hawaii)

...


"Quanto tempo demora? - perguntou ele. - Não sei. Um pouco.
Sohrab deu de ombros e voltou a sorrir, desta vez era um sorriso mais largo.
- Não tem importância. Posso esperar. É que nem maçã ácida.
- Maçã ácida?
- Um dia, quando eu era bem pequenininho mesmo, trepei em uma árvore e comi uma daquelas maçãs verdes, ácidas. Minha barriga inchou e ficou dura feito um tambor. Doeu à beça. A mãe disse que, se eu tivesse esperado as maçãs amadurecerem, não teria ficado doente. Agora, quando quero alguma coisa de verdade tento lembrar do que ela disse sobre as maçãs."

(Khaled Hosseini em: O Caçador de Pipas)

Música da semana - Malibu ( Hole)

14 de dez de 2010
Enfim estou de férias! Minha corrida vida na universidade parou por um tempo e agora poderei descansar mais e claro postar aqui no blog, o que amo de paixão.Como essa é a semana do aniversário do Hideout irei postar todos os dias! Então vou falar sobre um pouco de tudo que sempre falei aqui, como poesias, poemas, meu cotidiano,meus contos, filmes e claro música!!
Tenho uma novidade!

Ventos que sopram

11 de dez de 2010

E eu acreditava que o esforço dos fracos era apenas mais um gesto de autoconfiança. Remotos sentimentos de medo, palavras ditas que me fizeram pensar em buscar o melhor, cenas iludidas por um futuro guardado dentro de uma garrafa de vidro, a voz do saber que grandiosa por sua superioridade inquietou-se quando percebeu que erros são mais difíceis de serem decifrados.
Mas hoje o castelo caiu.  E o tornado que passou furioso não mais é do que um simples vento. Não contive meus medos, mas sei que os ventos sopram e passam, assim como a leve brisa do mar que acalma nossos pensamentos cai sobre o rosto tênue da incerteza.
Que esses ventos levem consigo todos os pensamentos antigos. O baú fora aberto e as lembranças roubadas por eles pairaram no ar a procura de um novo lugar para se esconderem.

Por que certas lembranças não merecem serem lembradas. Temos que lembrar do que ainda vai acontecer e esquecer rostos e palavras incertas.

Helio Filho

Dezembro

4 de dez de 2010

Confesso que queria fazer este post no dia primeiro, mas por motivos maiores ( isto inclui minha vida corrida na universidade e milhões de trabalhos para fazer) acabei não realizando. Dezembro é a época no ano que eu mais gosto por ser a época do Natal. Gosto muito desse espírito de festa, de pessoas alegres procurando a felicidade, enfeitando suas casas com pisca-piscas, colocando as árvores nas salas e claro, comprando os presentes para aqueles que amam! Eu amo presentes. Se você quiser me dar algo legal, compre um livro, cd ou um filme que irei adorar hahahaha! Pena que isso não acontecia nos amigos ocultos que participei no colégio, as pessoas só me davam coisas estranhas e que não tinham nada a ver comigo, mas eu gostava, afinal eram presentes né..
| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo