Espaço Curvo e Finito

20 de jun de 2010
Oculta consciência de não ser,
Ou de ser num estar que me transcende,
Numa rede de presenças
E ausências,
Numa fuga para o ponto de partida:
Um perto que é tão longe,
Um longe aqui.
Uma ânsia de estar e de temer
A semente que de ser se surpreende,
As pedras que repetem as cadências
Da onda sempre nova e repetida
Que neste espaço curvo vem de ti.  

José Saramago
Uma eterna perda da literatura brasileira.

4 comentários:

  1. Adorei essa poesia. Foi uma perda mto grande sim para a literatura brasileira, eu particularmente nunca li nenhum livro dele, mas sei q era um ótimo escritor pelos comentários q ja ouvi. Enfim, é sempre triste ver alguem tão talentoso ir embora assim..mas é a vida.
    :*

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa poema dele, mas é mesmo mto lindo. Com certeza foi uma perda mto grande para a literatura brasileira, os livros dele são mto bons, adoro. Mas a vida é assim, ninguem dura pra sempre ;/

    ResponderExcluir
  3. *Hany
    Verdade é mto triste mesmo, mas fazer o que né,é a vida. Quanto aos livros, leia sim, são ótimos.

    *Matheus
    É pefeito né? Tb adoro os livros dele, realmente, ninguém dura pra sempre, mas com certeza as obras dele irão durar!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo