Dueto

29 de mar de 2010
Eu, antônimo de mim
Fadado a ser só eu
Pro resto do meu fim
Eu encontro você
Disposto a um sim
Gratuito como deus
Cifrado enfim

Eu, que contei os passos
Por onde andei
A te procuar
Eu, que vivi o tédio
E grito apaguei
Esqueci de amar

Hoje, sonho de fato
Sempre em dueto
Eterno contrato
Na mesa uma vela
E dois pratos
Na dúvida uma peça
Em dois atos

Disfarçando passo a passo
O pano que esconde o meu espaço

Na cama duas pernas e um verso se entrelaçam
Quatro mãos em duelo se abraçam

Na cama duas pernas e um verso se entrelaçam
Quatro mãos em duelo se abraçam

Dueto- Banda Matiz

Essa letra é de uma banda de Salvador chamada Matiz. Gosto muito dessa música. Vale a pena conferir o videoclip dela no youtube! Fica a dica :*

6 comentários:

  1. Helio q linda esssa música!
    Adoreii :)

    ResponderExcluir
  2. Gostei dessa letra - adoro músicas meio poéticas! :)

    ResponderExcluir
  3. É linda mesmo Hany! Tb gosto mto dela e do clip tb, n sei se vc viu :) Essa banda é mto legal..
    Vc é a Hany q sempre conversava comigo na comu da avril lavigne?

    ResponderExcluir
  4. tb gosto de letras poéticas Brenda! Essa por sí é linda..
    o clip tb é mto legal!
    :**

    ResponderExcluir
  5. eu vi o clipe tb! É interessante! O final é diferene pq eles terminam indo tocar a música, e na maioria dos clipes as bandas começam já tocando.

    Não sou quem vc ta falando n. Vi seu blog no blog do meu irmão, eu nem curto mto a avril hauahauahuha

    ResponderExcluir
  6. eu tb amo o final :)

    ah..pensei q vc era. É q tinha uma menina lá que se chamava Hany tb, sempre falava com ela e ela do nada sumiu,pensei q fosse vc :P

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe um comentário! Sua opinião é muito importante pra mim :)

| Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo